segunda-feira, 23 de julho de 2018

Soppy, de Philippa Rice - Opinião

Título original - Soppy
Sinopse: True love isn’t always about the big romantic gestures. 
Sometimes it’s about sympathizing with someone whose tea has gone cold or reading together and sharing a quilt. When two people move in together, it soon becomes apparent that the little things mean an awful lot. The throwaway moments in life become meaningful when you spend them in the company of someone you love. 
SOPPY is Philippa Rice’s collection of comics and illustrations based on real-life moments with her boyfriend. From grocery shopping to silly arguments and snuggling in front of the television, SOPPY captures the universal experience of sharing a life together, and celebrates the beauty of finding romance all around us.


Opinião:
Quis incluir graphic novel no desafio de diversidade literária de 2018 pelo que o eleito foi Soppy. Nunca comentei este género mas vamos lá ter em conta que também não é algo que costumo procurar. Sem jamais ter ouvido falar da autora, a sinopse foi algo que apelou. 
Achei engraçado o facto das ilustrações serem basicamente tricolores, apresentandas em  preto, vermelho e (pronto) branco. 
A referência ao chá, de uma forma geral, parece não ter muito impacto junto do público português, pois isso é uma tradição que está mais enraizada na cultura dos ingleses. Quem nunca ouviu falar do "afternoon tea"? (risos)
Nesta obra são (contadas) ilustradas histórias do quotidiano, e creio que muita gente se identifica facilmente com as situações aqui relatadas. Vale a pena espreitar.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

A árvore dos segredos, de Sarah Addison Allen - Opinião

Título original - The peach keeper
Editora: Quinta Essência
Sinopse: Sarah Addison Allen dá-nos as boas-vindas a uma nova povoação: Walls of Water, na Carolina do Norte, onde os segredos são mais espessos do que o nevoeiro das famosas quedas-d’água da cidade, e as superstições são, de facto, reais.
Willa Jackson vem de uma antiga família que ficou arruinada gerações antes. A mansão Blue Ridge Madam, construída pelo bisavô de Willa durante a época área de Walls of Water, e outrora a mais grandiosa casa da cidade, foi durante anos um monumento solitário à infelicidade e ao escândalo. E a própria Willa há muito se esforçou para construir uma vida para lá da sombra da família Jackson. Não é tarefa fácil numa cidade moldada por anos de tradição e com fronteiras bem demarcadas entre ricos e pobres.
Mas Willa soube há pouco que uma antiga colega de escola – a elegante Paxton Osgood - da abastada família Osgood, restaurou a Blue Ridge Madam e a devolveu à sua antiga glória, tencionando transformá-la numa elegante pousada. Talvez, por fim, o passado possa ser deixado para trás enquanto algo novo e maravilhoso se ergue das suas cinzas. Mas o que se ergue, afinal, é mais um segredo que gira à volta de algo encontrado sob o solitário pessegueiro da propriedade.
Setenta e cinco anos antes, o carismático vendedor ambulante Tucker Devlin, exerceu os seus encantos sombrios em Walls of Water, e deixou a sua marca. Quem terá ele sido realmente? E por que motivo estão de repente a acontecer coisas estranhas em toda a cidade?
Agora, unidas numa improvável amizade e por um enorme mistério, Willa e Paxton tem de confrontar as paixões perigosas e as trágicas traições que outrora uniram as suas famílias e descobrir a verdade acerca dos antepassados que transcenderam o tempo e desafiaram a sepultura para tocar os corações e as almas dos vivos.
A Árvore dos Segredos é uma história sobre o poder profundo e 
duradouro da amizade, do amor e da tradição, e um retrato dos laços inquebráveis que – nos bons e nos maus momentos, de uma geração para a seguinte – duram para sempre.

Opinião:
Adoro as capas das edições portuguesas dos livros da Sarah, são lindas de verdade! Tenho sempre vontade de conhecer outro trabalho da autora, pelo menos uma vez por ano, então dada a oportunidade, agarro-me a um exemplar.
Willa é descendente de uma família outrora abastada, que ficou arruinada umas gerações anteriores. Ela tenta viver à margem do falatório, porém uma descoberta misteriosa na antiga mansão da família traz à tona um fantasma do passado.
Ligadas agora por algo mais intenso, as colegas Willa e Paxton procuram resolver o mistério que envolve a história de ambas as famílias, um forasteiro que veio para a cidade há mais de meio século e as ocorrências estranhas na localidade.
Mais uma história fantástica de Sarah, a autora arranja sempre maneira de surpreender o leitor! Uma história equilibrada, que tem uma boa dose de fantasia e mistério, capazes de nos prender do inicio ao fim!
Amizades improváveis, romances que pareciam impensáveis e a influência de uma entidade sobrenatural são alguns ingredientes que tornam esta história apelativa e interessante. Recomendo. 

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

[2018] TBR Jar Challenge

É verdade, este é um desafio trabalhoso mas quero voltar a fazê-lo mesmo que não consiga completá-lo. Seja como for, é sempre bom ler.
O TBR é o acrónimo de To be read (a ser lido), e o desafio consiste em escrever títulos de livros que temos por ler, em pequenas tiras de papel, dobrá-las, colocá-las num recipiente, e ir retirando aleatoriamente. O título que sair é o próximo livro a ler, sem batota.
Isto é muito bom para ajudar a baixar a pilha que está em lista de espera, mas pode-me acontecer não estar com disposição para ler o livro que saiu. Então vou usar uma versão modificada do desafio, na qual escrevo nos papéis um tópico generalizado, permitindo-me uma escolha do título dentro desse tema. Muito mais adequado a mim :)

Proponho os seguintes tópicos:

* Ler um livro de literatura distópica - 
* Ler um livro retirado aleatoriamente da estante - Sete minutos depois da meia-noite
* Ler um livro que nunca terminei - 
* Ler um livro de um autor novo para mim - 
* Ler um livro de um autor que já li mas noutro registo (exemplo: outro género literário ou para diferente faixa etária) - A árvore dos segredos (fantasia vs ficção)
* Ler um livro escolhido por outra pessoa - 
* Ler um livro de um autor que não seja europeu nem norte-americano - 
* Ler um livro de uma série que já tenha iniciado - 
* Ler um livro escolhido por ter a capa bonita - O circo dos sonhos
* Ler um conto - 
* Ler um livro emprestado - 
* Ler um livro infantil (ou infanto-juvenil) - 
* Ler um livro de um autor europeu - Soppy
* Ler um livro sugerido pelo Goodreads - 


O aspecto do meu TBR jar deste ano é este





Ao tirar um papel, vou tentar sempre associar o título ao respectivo tópico, na própria opinião.
Farei como nos outros desafios, à medida que vou lendo, vou actualizar com o link directo para os títulos, para que possam ver a opinião.
Sempre que quiserem ver os desafios e o progresso dos mesmos, basta ir ao separador Desafios literários, logo abaixo do nome do blogue, que serão remetidos para o seu respectivo link.

[2018] Desafio literário - Diversidade literária

Está mais que visto quais são os meus géneros literários predilectos, então este desafio permite abranger outros estilos literários e assim trazer mais variedade às nossas leituras.
O desafio pode sofrer alterações de acordo com a minha disponibilidade, poderei não conseguir ler algo diferente todos os meses, mas tentarei ler a cada dois meses. Eventualmente poderei trocar a ordem de leitura de algum mês. Aceito sugestões :)
À medida que vou lendo, venho cá actualizar com o link directo para os títulos para que possam ver a opinião.
Por agora as propostas são:


Janeiro: Romance sobrenatural
O circo de sonhos, Erin Morgenstern

Fevereiro: Distopia


Março: Retelling


Abril: Ficção científica


Maio: Ficção

A árvore dos segredos, Sarah Addison Allen

Junho: Young adult

Sete minutos depois da meia-noite, Patrick Ness

Julho: Graphic novel

Soppy, Philippa Rice

Setembro: Literatura fantástica


Outubro: Romance contemporâneo



Novembro: New adult



Dezembro: livre


Sempre que quiserem ver os desafios e o progresso dos mesmos, basta ir ao separador Desafios literários, logo abaixo do nome do blogue, que serão remetidos para o seu respectivo link.

[2018] Desafio literário - Novos autores

O desafio "Novos autores" consiste em ler obras de autores que nunca lemos anteriormente. Quer seja por curiosidade ou sugestões de terceiros, a ideia é conhecer outros trabalhos.
Tal como nos outros anos, decidi ler pelo menos entre 8 a 10 novos autores, e proponho-me a realizar o desafio no decorrer do ano. 
À medida que vou lendo, venho cá actualizar com o link directo para os títulos das minhas estreias, para que possam ver a opinião.

Os eleitos para 2018 são:

- O circo de sonhos, de Erin Morgenstern
- Sete minutos depois da meia-noite, Patrick Ness
- Soppy, Philippa Rice








Sempre que quiserem ver os desafios e o progresso dos mesmos, basta ir ao separador Desafios literários, logo abaixo do nome do blogue, e serão remetidos para o seu respectivo link.

[2018] Desafio literário - Desafio das cores

Leitores,

O desafio das cores é um dos desafios que me dá mais gosto de fazer e é bem divertido pois relaciona livros com cores.
Este desafio consiste em ler nove livros, estando cada um relacionado com uma cor, quer seja integrante do título do livro ou sendo a cor dominante na capa.
O desafio foi proposto por um blogue estrangeiro e assim que o vi, soube que tinha que realizá-lo! Só que modifiquei alguns exemplos sugeridos e fiz uma alteração na alínea 9, antes dizia apenas um livro com palavra que implica cor, adicionei a opção uma capa que implica cor.

Sendo que a cor terá que ser uma palavra integrante do título do livro ou a cor dominante na capa, as categorias são:


1 - um livro com azul ou tons relacionados (ciano, azul marinho, turquesa...)



2 - um livro com vermelho ou tons relacionados (cor de vinho, carmesim, borgonha...)

Soppy, Philippa Rice

3 - um livro com amarelo ou tons relacionados (limão, dourado...)



4 - um livro com verde ou tons relacionados (lima, esmeralda...)

A árvore dos segredos, Sarah Addison Allen
5 - um livro com castanho ou tons relacionados (avelã, chocolate...)



6 - um livro com preto ou tons relacionados (carvão, ébano...)

Sete minutos depois da meia-noite, Patrick Ness

7 - um livro com branco ou tons relacionados (pérola, marfim...)

O circo de sonhos, Erin Morgenstern

8 - um livro com outra cor qualquer ainda não mencionada (rosas, arroxeados, laranjas, prateados, cinzas...)



9 - um livro com uma capa ou palavra que implica cor (arco-íris, riscas, xadrez, às bolinhas, estampado, pálido, sombreado...)



Notas:

Qualquer livro é válido de Janeiro a 31 Dezembro.
É possível que livros deste desafio constem de outros.

À semelhança dos outros desafios, à medida que vou lendo vou actualizar com o link directo para os respectivos títulos, para que possam ver a opinião. 


Sempre que quiserem ver os desafios e o seu progresso, basta ir ao separador Desafios literários, logo abaixo do nome do blogue.

[2018] Desafio literário Janeiro - Literatura fantástica/Romance sobrenatural



Gente,

Assim começa um novo ano, sinónimo de desafio literário da praxe! iniciamos o ano novo com um desafio literário para Janeiro, que à semelhança dos anos transactos, integra o desafio Diversidade literária:
uma maratona mensal relativa à literatura fantástica/Romance sobrenatural!
Pode ser lido qualquer título, desde que seja restrito às referidas categorias, quer seja um livro apenas, vários diferentes, ou mesmo uma saga, a escolha é vossa e sei que está limitado pela disponibilidade de cada um.

Planeio ler:
- O circo de sonhos

-

Sempre que quiserem ver os desafios e o progresso dos mesmos, basta ir ao separador Desafios literários, logo abaixo do nome do blogue, que serão remetidos para o seu respectivo link.