quinta-feira, 10 de setembro de 2015

A escola do bem e do mal [The school for good and evil 1], de Soman Chainani

Título original - The school for good and evil
Saga: The school for good and evil #1 
Editor: Lápis azul
Sinopse: "Os primeiros sequestros aconteceram 200 anos antes. Em alguns anos eram dois meninos levados, alguns anos duas meninas, às vezes, um de cada. Mas, se num primeiro momento as escolhas pareciam aleatórias, logo o padrão tornou-se claro. Um deles era sempre bonito e bom, a criança que todos os pais queriam como sua. O outro era solitário e estranho, um pária desde o nascimento. Um par oposto, arrancado de juventude e A Viagem de Chihiro"
Este ano, as melhores amigas Sofia e Agatha estão prestes a descobrir onde todas as crianças perdidas vão: a Escola do Bem e do Mal, onde meninos e meninas comuns são treinados para serem heróis de contos de fadas e vilões. Como a menina mais bonita Gavaldon, Sofia sempre sonhou em ser sequestrada para se levada para um mundo encantado. Com os seus vestidos cor de rosa, sapatinhos de vidro, e devoção a boas acções, ela sabe que vai conseguir ter as melhores notas na escola de pós-graduação para o Bem e ser uma princesa de contos de fadas. Por outro lado, temos Agatha, com seus vestidos disformes pretos, um mau gato de estimação, e que não gosta de quase toda a gente, parece um ajuste natural para a Escola para o Mal.
Mas, quando as duas meninas são arrastadas para a Floresta Interminável, elas encontram os seus destinos invertidos - Sofia é largada na Escola para o Mal, que tornam os seus alunos feios, aprendem Maldições da Morte, e têm Formação para a maldade, enquanto que Agatha encontra-se na Escola para o Bem, onde reinam príncipes bonitos e belas donzelas todos eles encaminhados para aulas de princesa, Etiqueta e Comunicação animal .. Mas e se o erro é na verdade a primeira pista para descobrir quem Sofia e Agatha realmente são ...?
A Escola de do Bem e do Mal é uma jornada épica para um novo mundo deslumbrante, onde a única maneira de sair de um conto de fadas é viver através de um.


Opinião:
Este livro suscitou-me imensa curiosidade, pois foi extensamente difundido nas redes sociais. A capa em si é gira, embora inicialmente tenha julgado ser uma obra mais para o infantil, mas então a sinopse, que não o fazia prever, foi o que realmente me interessou e levou a querer lê-lo.
Estamos presente uma amizade improvável entre duas raparigas completamente diferentes entre si, tanto a nível de personalidades como físico, não tendo absolutamente nada em comum, a não ser apreciarem a companhia uma da outra.
A Sofia é giríssima, muito feminina e bondosa, sempre sonhou com o seu próprio conto de fadas, e a Agatha, é bastante descuidada da sua imagem, anti-social e aprecia coisas que normalmente não agradam ao sujeito comum. O que se iniciou como "a boa acção" da Sofia, tornou-se numa verdadeira amizade.
Desde há dois séculos, a cada quatro anos, um par de crianças era raptado dos seus lares e jamais eram encontrados. Com o passar do tempo um padrão foi evidenciado, desaparecia sempre uma criança muito bondosa e outra maldosa. Mais tarde, soube-se que essas crianças estavam destinadas a frequentar a escola do bem e do mal, para se tornarem a realeza ou os vilões nos contos de fada. A Agatha achava isso tolo mas a Sofia sempre soube que iria tornar-se uma princesa.
Até que o dia chegou e ambas foram levadas. Contudo, aparentemente houve uma troca e as amigas acabaram por ficar nos lugares onde não pertenciam!
Uma história fantástica, gostei de conhecer um pouco dos dois lados da escola bem como, os dois lados das protagonistas. Nenhuma parece ser inteiramente má nem inteiramente boa, e isso deu mais interesse à obra.
A amizade delas é porreira mas é pontuada por eventuais actos egoístas. Como toda a verdadeira amizade, o perdão alivia a carga emocional mas também não era preciso estar sempre a bater na mesma tecla. Há medida que vamos lendo, vamos tendo a percepção que isto ocorre para nos mostrar aspectos da personalidade de uma das envolvidas.
A história vai evoluindo e as jovens vêem crescer os seus talentos, mas alguns aspectos inesperados fazem com que haja divergências entre as personagens e se inicie uma rivalidade sem igual. 
[Poderá conter spoilers]
Um encontro com o director da escola, indicou-lhes que resolvida uma charada, poderiam ir para casa. Esse é o desejo da Agatha mas a Sofia só quer permanecer na escola e ter a sua oportunidade de ter um final feliz com um príncipe. Contudo, uma vez que o Storian começou a escrever o conto delas, o caso agravou-se pois isso significava que a bruxa irá perecer e não havia perspectivas de um final feliz para elas. Venham descobrir como as amigas lidaram com a situação.
Gostei da evolução que o autor deu à história, gostei dos contornos que tomou e achei as personagens muito bem criadas, quanto mais lia, mais cativada ficava. Este mundo é simplesmente encantador e o desfecho agradou-me por inteiro, eu verdadeiramente anseio pelo próximo volume. Recomendo vivamente :)

1 comentário: